Zé Carlos: feliz no "time do coração"

O que fez o São Caetano liberar de graça um jogador de 23 anos? Que só não foi para o Pré-Olímpico do ano passado por ter nascido quatro meses depois do limite? Ainda mais com contrato até junho de 2005?As respostas se encaminham para uma pessoa: Muricy Ramalho. Quando a diretoria percebeu que Zé Carlos não entraria em campo, tratou de repassá-lo ao Corinthians. Cansou de pagar salários por um atleta que não iria utilizar.Com orgulho ferido, Zé Carlos falou ontem no Parque São Jorge.JT - Seu potencial é ótimo. Por que foi liberado de graça pelo São Caetano? É bem estranho.Zé Carlos - Eu não estava sendo utilizado. Era titular, elogiado, tive uma lesão e quando voltei perdi a posição. O Triguinho entrou bem e não deveria sair do time. Só que passei a nem fazer parte do banco. Eu era um jogador fundamental ao time com o Mário Sérgio, o Nelsinho e com o Tite. De uma hora para outra, passei a não servir nem para o banco. Então decidi pedir para sair.JT - Em São Caetano comenta-se que você saiu porque se indispôs com o grupo por não ter aceitado a reserva. Por problema de ego, mesmo...Zé Carlos - Isso é uma bruta sacanagem. Eu evito falar mal de todos no São Caetano e agora ficam me criticando. Não tenho problema algum com os jogadores. O professor Muricy tem o jeito dele. Nós só nos cumprimentávamos mesmo. Nunca passou de bom dia e boa noite. Não sou jogador de ter problema de ego. Sou brincalhão e muito amigo de todos. Estão querendo sujar a minha imagem.JT - Ainda mais porque você era um jogador que esteve para atuar no Pré-Olímpico pela Seleção Brasileira.Zé Carlos - É verdade. Na época da convocação, a CBF ligou para São Caetano para saber o mês que eu havia nascido. Infelizmente não deu. Mas queriam me convocar. Ficou claro que o meu futebol era apreciado por gente importante.JT - Como você encara a chance de jogar pelo Corinthians?Zé Carlos - Excelente. Sempre fui corintiano de coração. O elenco é muito bom e será ótimo ter a torcida do meu lado. Estou animado demais em poder fazer a minha parte. Quero ajudar o Oswaldo e jogar onde ele quiser.JT - Você pode atuar em quais posições?Zé Carlos - Posso ser lateral, volante, meia ou atacante. Jogava na ponta-esquerda do Goiás antes de ser contratado pelo São Caetano. Vim para ajudar onde precisar.JT - Até onde esse time do Corinthians pode chegar?Zé Carlos - Pode disputar e ganhar títulos. Basta parar e raciocinar: Rincón, Fábio Costa, Gil, Váldson, Rogério, Fabinho e todo o resto do time. O Oswaldo de Oliveira é um excelente treinador. Essa má fase já está passando. O time, engrenando, não fica nada a dever para ninguém. Eu fui sondado também pelo Palmeiras. Mas quando o Corinthians mostrou seu interesse quis sair na hora. Tenho tudo para ser muito feliz aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.