Zé Carlos fora da estréia do Guarani

Apesar da recuperação do atacante Zé Carlos, o técnico Hélio dos Anjos deve deixá-lo fora do jogo de estréia no Campeonato Brasileiro, contra o Palmeiras, quarta-feira, no Brinco de Ouro, em Campinas. Para atingir seu objetivo de apresentar um time competitivo, o técnico vai manter a mesma base dos últimos jogos-treino. E o saldo do time foi positivo. Em seis jogos, venceu três, empatou dois e perdeu apenas um. A principal novidade é o aproveitamento do meia Fernando Fumagalli mais avançado, justamente no lugar de Zé Carlos, que além de problemas musculares tinha uma contusão na coxa direita. O seu eventual reserva seria Cléber, contratado junto à Portuguesa de Desportos, mas que também está machucado e fora da estréia. O zagueiro Edu Dracena também está vetado. "Não contávamos mesmo com estes jogadores, tanto que nos últimos jogos já experimentamos o time de outra maneira", explicou Hélio dos Anjos que tenta motivar seu time ao máximo para a competição. Depois de superar o trauma pelo rebaixamento no Campeonato Paulista, o Guarani espera se reabilitar no Brasileiro. Depois de descansar no final de semana, o elenco se apresentou no Brinco de Ouro nesta segunda-feira. Hélio dos Anjos deve confirmar o time após um treino técnico-tático programado para amanhã cedo. A diretoria confirmou o aluguel de um gerador para mandar seus jogos no período noturno, sem desrespeitar o racionamento de energia elétrica. O eventual custo com o aluguel seria coberto pelo aumento de arrecadação. Tanto que a estréia contra o Palmeiras está confirmada para quarta-feira, às 20h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.