Reprodução
Reprodução

Zé Love assina com o Shanghai Shenxin e vai para  futebol chinês

Chineses contrataram Ricardo Goulart, Alan, Renê Júnior, Marcelo Moreno, Dario Conca, Tardelli, Anselmo Ramón e Barcos no ano

Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2015 | 10h41

Não é segredo para ninguém que os chineses vieram com tudo sobre os atacantes do futebol brasileiro neste verão. Entre os jogadores que foram para a Ásia, dois de seleção brasileira: Diego Tardelli e Ricardo Goulart. A lista, porém, não para de crescer e agora conta com Zé Love, que passou recentemente pelo Coritiba.

Destaque do Santos no Paulistão de 2010, completando um quarteto que tinha Robinho, Neymar e Ganso, Zé Love passou sem sucesso por Genoa e Siena, da Itália, e jogou o último Brasileirão como titular do Coritiba.

Neste domingo, ele foi apresentado como novo reforço o Shanghai Shenxin, de Xangai, clube com o qual assinou por duas temporadas. A equipe dele conta com os brasileiros Jaílton Paraíba, Johnny e Everton, todos praticamente desconhecidos no Brasil.

Só neste verão, os chineses já contrataram Ricardo Goulart, Alan, Renê Júnior (todos pelo Guangzhou Evergrande), Marcelo Moreno (Changchun Yatai), Dario Conca (Shanghai SIPG), Diego Tardelli (Shandong Luneng), Anselmo Ramón (Hangzhou) e Hérnan Barcos (Tianjin Teda).

Também estão na China os atacantes Elkeson (ex-Botafogo), Paulo Henrique (ex-Atlético-MG), Jajá (ex-Inter), Elias (ex-Botafogo) Davi e Aloísio (ambos ex-São Paulo), além dos meias Montillo (ex-Santos e Cruzeiro) e Andrezinho (ex-Botafogo). Por outro lado, o zagueiro Paulo André voltou para o Brasil, para jogar no Cruzeiro, e Vagner Love fechou com o Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.