Arquivo/AE
Arquivo/AE

Zé Luís acha que poderá enfrentar o Defensor pela Libertadores

Volante do São Paulo deixou o jogo contra o Marília, depois de sofrer uma entorse no braço e cair de mau jeito

AE, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 09h28

O volante Zé Luís, que vem jogando como lateral-direito no São Paulo, acha que poderá se recuperar das dores no braço esquerdo a tempo de enfrentar o Defensor Sporting nesta quarta-feira, em Montevidéu, pela terceira rodada do Grupo 4 da Libertadores. Ele deixou o jogo contra o Marília ainda no primeiro tempo, na noite deste domingo, depois de sofrer um entorse no braço, ao cair de mau jeito.

Veja também:

link São Paulo pensa na Libertadores após vitória no Paulistão

link Washington marca, São Paulo ganha do Marília e consolida 3.º

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Ele passou por exames ainda nos vestiários e não foi constatada nenhuma fratura, mas deixou o Morumbi com o braço imobilizado e sentindo dores. "Está incomodando, mas até quarta-feira acredito que tenho tempo para me recuperar", afirmou o atleta, que foi para casa com uma lista de ordens médicas a cumprir. "Sei que terei que ficar bem quietinho esses dias, e é isso que farei porque quero jogar de qualquer jeito", completou.

Sem poder contar com o reserva imediato, Wagner Diniz, o técnico Muricy Ramalho terá duas opções, se não puder escalar Zé Luís: escalar Joilson, que não vive boa fase, ou improvisar Arouca, que já substituiu o titular neste domingo. "Jogo onde precisar, o Muricy sabe que pode contar comigo", disse o volante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.