Zé Luís admite São Paulo previsível, mas rebate críticas

O São Paulo já admite que não está jogando o seu melhor futebol, seja no Campeonato Brasileiro ou na Copa Libertadores. Mas, nem por isso, deixa de rebater as críticas de que o time é previsível e está longe de encantar o torcedor. O volante Zé Luís é um dos que se apega aos títulos dos últimos anos para justificar as más atuações do time.

AE, Agencia Estado

20 de maio de 2009 | 14h37

"Ouvimos comentários que o time do São Paulo é previsível, pragmático, que joga feio, mas estamos jogando assim há três anos e estamos ganhando", disse o volante, em referência ao tricampeonato nacional. "O pessoal comenta muito, mas sem responsabilidade", rebateu.

Nos últimos seis jogos, a equipe de Muricy Ramalho foi batido quatro vezes e conseguiu um empate e apenas uma vitória - em 22 de abril, contra o América de Cali, pela Libertadores. "Um time sempre é questionado quando não consegue vitórias. A cobrança é normal, mas temos de estar preparados. Quando voltarmos a vencer, as coisas vão voltar ao normal", garantiu o jogador.

Zé Luís voltou ao time no empate por 2 a 2 com o Atlético Paranaense, no Morumbi, no último final de semana. O volante está plenamente recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda e está confirmado para a próximo confronto do São Paulo, contra o Palmeiras, no Palestra Itália, no próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.