Zé Mário critica desempenho do Guarani

O empate por 1 a 1 com o Corinthians, domingo, pela 9ª rodada do Torneio Rio-São Paulo, deixou o técnico Zé Mário bastante desanimado com os jogadores do Guarani. Com o resultado, a equipe de Campinas ficou um pouco mais longe da zona de classificação - 7º lugar, com 15 pontos - e, agora, o precisa de uma vitória sobre o Vasco, domingo, para manter suas chances. Depois de ter elogiado a atuação de seus jogadores nas derrotas para Etti Jundiaí e Paraná Clube, o treinador reclamou bastante do número de passes errados e também das chances de gols perdidas contra o Corinthians. Os atletas do Guarani, entretanto, não concordam com as cobranças de Zé Mário. Para o zagueiro Edu Dracena, o time teve uma boa atuação e só não conseguiu a vitória graças à falta de sorte. "Tivemos uma boa participação no jogo. Se soubéssemos controlar um pouco mais a bola, poderíamos ter saído com uma vitória contra o Corinthians", lamentou o jogador. Mas a preocupação agora será com a Copa do Brasil. Na quinta-feira, em Campinas, o Guarani enfrenta o Paraná no jogo de volta da segunda fase. Edu Dracena, que foi expulso em Curitiba, será substituído por Sangaletti. Para se classificar, a equipe de Campinas precisa vencer por 3 a 0, já que os paranaenses ganharam por 2 a 0 em casa. Em caso de vitória por 2 a 0, a vaga será decidida na cobrança de pênaltis.

Agencia Estado,

11 Março 2002 | 17h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.