Leonardo Moreira/FORTALEZA EC
Leonardo Moreira/FORTALEZA EC

Zé Ricardo admite 'responsabilidade grande' em substituir Ceni no Fortaleza

Com passagens por Flamengo, Vasco e Botafogo, o treinador reconheceu que o desafio de substituir Ceni é difícil

Redação, Estadao Conteudo

14 de agosto de 2019 | 17h34

Após ter sido recebido com festa por centenas de torcedores no aeroporto, Zé Ricardo foi apresentado como novo técnico do Fortaleza na tarde desta quarta-feira. O treinador falou da responsabilidade de substituir Rogério Ceni, que conquistou três títulos com a equipe cearense: Estadual, Copa do Nordeste e Série B do Campeonato Brasileiro.

"Qualquer profissional que viesse substituir um outro profissional que fez esse trabalho e deu títulos ao Fortaleza teria essa cobrança. É uma responsabilidade grande, mas quem trabalha em clube grande enfrenta isso. O presidente falou para mim que a gente olha para frente e tem muito a fazer. Acredito que esse primeiro desafio fora do Rio de Janeiro, não há lugar melhor para escolher e para trabalhar. Vou me dedicar ao máximo no campo e fora dele", avisou Zé Ricardo.

O treinador, que já comandou Flamengo, Botafogo e Vasco, revelou também a procura da diretoria por um zagueiro. Segundo Zé Ricardo, já existe uma negociação em curso e a situação deve ser oficializada nos próximos dias. Ele conta para posição com Quintero, Roger Carvalho e Nathan.

"Esta foi a primeira observação, que o clube já estava em busca de outro defensor. Isso provavelmente já vai acontecer, porque já estava em curso. Estou bem tranquilo em relação a isso porque acredito que o grupo que está aqui tem potencial para um bom trabalho", disse.

Aos 48 anos, Zé Ricardo vem de passagens por clubes cariocas, que foram os únicos que já trabalhou em sua curta carreira de treinador. Ele vê o Fortaleza como a "oportunidade da vida". "Tenho o sentimento de que é a oportunidade da minha vida e tento passar isso para os atletas. Vamos tratar cada jogo como ele merece e buscar vitórias dentro de casa. Isso dá confiança para o time e para os torcedores", concluiu.

O treinador assume o Fortaleza na 12ª colocação, com 17 pontos, a seis da zona de rebaixamento. A estreia acontecerá neste sábado, às 17h, na Arena Castelão, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.