Zé Ricardo aponta dificuldades em goleada do Flamengo e exalta Guerrero

Técnico também elogia Diego, que marcou dois gols na vitória sobre a Chapecoense

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2017 | 09h58

A vitória do Flamengo por 5 a 1 sobre a Chapecoense, na noite de quinta-feira, no Estádio Luso-Brasileiro, teve participação decisiva de Paolo Guerrero. Afinal, o atacante peruano marcou três gols no confronto pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, encerrou o seu jejum na competição e ganhou elogios do técnico Zé Ricardo.

"Paolo, grande artilheiro, grande jogador, espero que tenham sido os primeiros de muitos gols no Brasileirão", disse o treinador do Flamengo. "O Guerrero é um jogador especial. Tem muita técnica, inteligência, e ele precisa de companhia (para marcar)", acrescentou.

Zé Ricardo também celebrou a grande atuação do meia Diego, autor dos outros dois gols do Flamengo na partida. "Diego é um jogador que conversei com ele ontem e me disse que estava confiante que faria uma grande partida hoje. E isso só se confirmou, o jogador sente que está melhorando física e tecnicamente", comentou.

Apesar do placar expressivo, Zé Ricardo destacou que o Flamengo teve dificuldades para construir a vitória. Ele apontou que o time encontrou problemas quando a Chapecoense marcou o seu gol no segundo tempo, diminuindo a vantagem para 2 a 1.

"Apesar do resultado elástico, foi uma partida difícil, principalmente depois do gol da Chapecoense, muitas faltas próximas da área, muita bola parada. Foi o momento maior de tensão, mas aproveitamos os contra-ataques e conseguimos uma vitória importante que nos dá confiança para a partida em Salvador. Tivemos dificuldade nos primeiros dez minutos e principalmente depois do gol deles. A ansiedade bateu, em virtude da obrigação em vencer, mas conseguimos logo depois fazer os terceiro gol e a partida ficou à feição para os contra-ataques", afirmou.

A goleada levou o Flamengo aos 14 pontos, em oitavo lugar no Brasileirão. O time voltará a jogar no próximo domingo, quando vai visitar o Bahia, na Fonte Nova, pela décima rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.