Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Zé Ricardo celebra nova goleada do Flamengo e elogia elenco

Equipe conquista a terceira vitória no Campeonato Carioca

Estadao Conteudo

05 Fevereiro 2017 | 10h34

O Flamengo definitivamente embalou neste início de temporada. Na terceira partida do Campeonato Carioca, conseguiu a terceira vitória tranquila ao golear o Nova Iguaçu por 4 a 0 em Moça Bonita, no último sábado. E desta vez, sem titulares como Rômulo, Diego e Éverton. Márcio Araújo, Gabriel e Adryan entraram e deram conta do recado, para a alegria do técnico Zé Ricardo.

"Acho que essa é a ideia. Uma equipe grande e que tem ambição como o Flamengo precisa ter um elenco qualificado. Com isso, precisamos dar tempo de jogo para eles. De maneira coerente, fazendo com que o Flamengo não perca a força, tentaremos fazer isso", declarou após o apito final.

Além das mudanças entre os titulares, o Flamengo ainda exibiu alternativas com a bola em jogo, como a entrada de Leandro Damião na vaga de Gabriel, que mudou o esquema da equipe. "Com a entrada do Damião, por exemplo, conseguimos ver outra vertente com o 4-4-2, porque o Paolo gosta de sair da área para armar as jogadas. No quarto gol, conseguimos a jogada originalmente por ali, com um fazendo apoio e outro profundidade, explorando a velocidade do Marcelo pelo lado", explicou Zé Ricardo.

O Flamengo lidera o Grupo A da Taça Guanabara com nove pontos. Já são 11 gols marcados e apenas um sofrido, início arrasador que anima elenco e torcida. Agora, as atenções da equipe voltam-se para a Copa da Primeira Liga, na qual o time rubro-negro estreia diante do Grêmio, quarta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília.

"A gente não pode esquecer que ainda estamos em preparação e que dá para melhorar, corrigir nossos erros. Nessa quarta-feira, teremos um jogo muito importante, que será um teste mais forte, com certeza. Temos que fazer um grande jogo. Agora, vamos descansar, pois esses últimos jogos têm sido bem pegados", disse Guerrero, autor de dois gols no sábado - Mancuello marcou os outros dois.

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.