Zé Ricardo diz que Flamengo lutará até o fim: 'Não vamos entregar de bandeja'

Cariocas fazem jogo decisivo neste sábado contra o Atlético-MG

Estadão Conteúdo

28 Outubro 2016 | 16h26

Ainda esperançoso em ver o Flamengo conquistar o título do Campeonato Brasileiro, o técnico Zé Ricardo destacou nesta sexta-feira, na véspera do duelo com o Atlético Mineiro em Belo Horizonte, que o seu time precisou de superar muitas adversidades, sendo a principal delas os constantes deslocamentos para fora do Rio, para seguir com chances de ser campeão a seis rodadas do fim.

Esse discurso foi usado para ressaltar que a desvantagem de seis pontos para o líder Palmeiras é apenas mais um desafio que o Flamengo precisa superar para conquistar mais um título nacional. E Zé Ricardo assegurou que o seu time não vai desistir tão fácil.

"Houve um deslocamento grande nos 58 jogos que disputamos. Querendo ou não, houve um desgaste natural. No entanto, chegamos brigando pelo título e em uma boa colocação. Quem vive o futebol não pode desvalorizar algo desse tipo. Damos muito valor a todos que ajudaram nesse processo. Os setores do clube foram fundamentais, todos trabalharam muito. Não vamos entregar o campeonato de bandeja, sem fazer esforço", disse.

O treinador do Flamengo reconheceu que não será fácil superar o Atlético-MG e revela preocupação com o estilo de jogo ofensivo do adversário. Por isso, destaca a necessidade de a sua equipe se impor diante do rival, mesmo em duelo no Mineirão.

"O que eu vejo no Atlético é que eles procuram se posicionar da mesma maneira tanto dentro quanto fora de casa. É uma equipe muito leve, que tem um elenco muito forte. Se puder destacar uma característica deles, seria a busca pelo gol a todo momento. No entanto, o Flamengo já mostrou que pode vencer qualquer oponente. Precisaremos botá-los em situações de dificuldade para fazermos prevalecer nossa força", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.