Martin Bernetti/AFP
Martin Bernetti/AFP

Zé Ricardo diz que Flamengo 'pecou na finalização' em derrota

Depois de estreia empolgante contra o San Lorenzo, rubro-negro não consegue repetir bom futebol e perde para o Universidad Católica

Estadao Conteudo

16 de março de 2017 | 10h26

Depois de uma contundente vitória por 4 a 0 sobre o San Lorenzo em sua estreia na Libertadores, o Flamengo caiu diante da Universidad Católica, por 1 a 0, no Chile, quarta-feira à noite, pela segunda rodada. No entender do técnico Zé Ricardo, os erros de finalização impediram um resultado positivo.

"Em alguns momentos tivemos maior posse de bola, em outras a Católica foi melhor, mas tivemos nossas oportunidades e pecamos na finalização. Sabíamos que a pressão seria grande e levamos gol em bola parada que havíamos destrinchado e treinado. Houve um movimento de tranca e o Santiago Silva foi feliz", disse, falando sobre o lance do gol da Católica, aos 30 minutos do segundo tempo, marcado pelo centroavante corintiano.

Como a Universidad Católica e o Atlético-PR haviam empatado entre eles na primeira rodada, os dois times dividem a liderança do Grupo 4, com quatro pontos. O Flamengo aparece fora da zona de classificação, em terceiro, com três pontos, enquanto o San Lorenzo não pontuou.

Pela terceira rodada, no dia 12 de abril, daqui a quase um mês, o Flamengo recebe o Atlético-PR e vai precisar vencer. "O nosso grupo em especial é muito equilibrado e vamos tentar reverter isso no próximo jogo, contra o Atlético Paranaense, que é forte dentro e fora de casa. Não podemos pensar que vamos encontrar facilidade em casa, mas temos que pontuar o máximo no Rio. A tendência desse grupo é que ele seja definido na última rodada", acredita Zé Ricardo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.