Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Zé Ricardo encaminha time do Inter mais ofensivo em treino fechado

Equipe gaúcha enfrenta o Bahia neste sábado, na Arena Fonte Nova, pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2019 | 20h43

Apresentado na terça-feira, o técnico Zé Ricardo teve três dias para fazer testes na equipe do Internacional. E, nesta sexta-feira, em treino fechado, o novo treinador colorado encaminhou os titulares para o duelo contra o Bahia, neste sábado, na Arena Fonte Nova, pela 28ª rodada do Brasileirão.

A escalação de Neilton no setor ofensivo é uma das poucas vagas certas na equipe, após os testes de quarta e quinta. O atacante quer aproveitar a chance para mostrar serviço para o novo técnico e assegurar seu lugar na equipe para a sequência do time gaúcho no campeonato.

"É uma alternativa que ele (Zé Ricardo) está testando na equipe. Espero aproveitar a oportunidade da melhor maneira possível. Creio que estou preparado, fazendo bons treinos, mas espero que, acima de tudo, a equipe toda faça um bom jogo pra conquistar uma vitória na estreia do treinador", declarou o jogador.

Zé Ricardo deve escalar a equipe gaúcha neste sábado com Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Zeca; Edenílson, Rodrigo Lindoso, Guilherme Parede, Neilton e Wellington Silva; Paolo Guerrero.

Para o seu primeiro jogo à frente do Inter, o treinador não terá o volante Patrick, suspenso. O veterano D'Alessandro é desfalque pelo mesmo motivo. Em contrapartida, Rodrigo Lindoso, recuperado de dores musculares na coxa esquerda, volta a ficar à disposição. Rafael Sóbis é outro que retorna de lesão. Ele se livrou de um problema muscular e deve começar a partida no banco.

Sem Patrick, Zé Ricardo poderá escalar Guilherme Parede na posição. Mas a grande mudança na equipe é mesmo no ataque, deixando o Inter com uma pegada mais ofensiva em comparação ao time comandado por Odair Hellmann. Neilton e Wellington Silva devem formar trio ofensivo com o peruano Paolo Guerrero. Nico López será opção no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.