Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Zé Ricardo valoriza resultado contra o Flamengo: 'Empate foi de bom tamanho'

Vasco teve um jogador a menos na parte final da partida que terminou 0 a 0

Estadão Conteúdo

29 Outubro 2017 | 10h18

O técnico Zé Ricardo deixou o gramado do Maracanã satisfeito com a atuação do Vasco e com o empate sem gols com o Flamengo, na noite deste sábado, em rodada do Brasileirão. Para o treinador, o resultado foi "justo, de bom tamanho", diante das fragilidades da equipe vascaína.

Flamengo e Vasco empatam em 0 a 0 em jogo fraco

"Acredito que o empate foi justo, de bom tamanho, principalmente por termos terminado a partida com um a menos", analisou o técnico, referindo-se a Ramon. O jogador deixou o gramado nos minutos finais, com problema físico, quando o time não podia mais fazer substituições.

"Foi um 0 a 0 agradável de ser ver, com algumas emoções. O Flamengo ficou mais com a posse de bola, o que era natural pela qualidade dos seus jogadores de meio-campo, mas tentamos bloquear bem os lados do campo. Tivemos nossas oportunidades, uma com o Madson, que o Rhodolfo travou, e outra com o Nenê, que acabou batendo na trave. O Flamengo teve suas chances também, principalmente com o Vizeu e o Diego", ponderou.

Com o empate, o Vasco terminou o sábado na oitava colocação da tabela, com 44 pontos, três atrás do Flamengo, que é o sétimo. O rubro-negro ocupa o último posto na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores.

"Nossa ideia era entrar no G-7, viemos para o Maracanã querendo os três pontos. Estávamos muito focados para essa partida, colocamos toda a nossa estratégia em prática, os atletas foram fantásticos. Conseguimos desempenhar o que trabalhamos e chegamos a ter mais posse de bola no ataque, criamos um ou duas oportunidades, mas o gol não saiu", lamentou Zé Ricardo.

Apesar disso, ele valorizou o ponto que evitou uma maior distância para o rival na tabela. "Mantivemos nossa distância para o Flamengo para apenas três pontos, estamos próximos do grupo da Libertadores. Se continuarmos sendo esse time combativo e solidário, temos tudo para conseguir não só os 47 pontos, que de um certa forma nos trará tranquilidade, mas coisas maiores dentro da competição. Hoje temos condições de fazer frente a qualquer adversário", comentou.

Mais conteúdo sobre:
Vasco futebol Vasco Zé Ricardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.