Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Zé Ricardo vê elenco do Inter emocionalmente abalado após nova derrota

Time gaúcho perdeu em casa para o Goiás por 2 a 1, nesta quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2019 | 23h12

O técnico Zé Ricardo voltou a falar sobre a questão emocional dos jogadores do Internacional após um novo tropeço no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o time perdeu para o Goiás, por 2 a 1, no Beira-Rio, pela 35.ª rodada da competição nacional.

"Precisamos tratar bem nosso emocional, porque temos que saber reverter situações difíceis, como aconteceu hoje. É um resultado que abala a gente, que ninguém esperava. Mas não vai ter jeito. Precisamos reagir", alertou o treinador.

Ao analisar a partida, Zé Ricardo acredita que o Inter vinha sendo muito superior até sofrer o primeiro gol. Na etapa final, ele reconheceu que o time não foi bem e ainda deu espaços para os contra-ataques do Goiás.

"A gente vinha fazendo um belíssimo primeiro tempo até tomar o gol do Goiás. Depois, continuamos pressionando, mas o Tadeu (goleiro) estava em mais uma noite feliz. No segundo tempo, a gente não rendeu o que poderia e oferecemos o que o Goiás mais queria, que era o contra-ataque", reforçou Zé Ricardo.

Nenhum jogador quis falar com a imprensa na saída do gramado. Após o apito final, os mais de 20 mil toredores presentes no Beira-Rio não economizaram nas vaias e nem nos gritos de "time sem vergonha".

Sem vencer há três jogos, o Inter tem 51 pontos e volta a campo no sábado, contra o Botafogo, no Rio, pela 36.ª rodada. Se não reagir, corre o risco de não garantir uma vaga nem na fase inicial da Copa Libertadores de 2020.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.