Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Zé Roberto chega ao Grêmio garantindo boa forma física

Principal contratação do Grêmio para o Campeonato Brasileiro, o meia Zé Roberto foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira. O novo reforço vestiu a camisa 10 da equipe e, mesmo aos 37 anos, garantiu estar bem fisicamente. Ele chegou a tirar a camisa ao longo da entrevista coletiva para mostrar sua forma.

AE, Agência Estado

04 de junho de 2012 | 19h59

"Faço questão de mostrar, porque disseram que eu estava velho", explicou o jogador. "Ainda não tenho planos de encerrar minha carreira. Me falaram que sou como vinho: quanto mais velho, melhor. Acho que é verdade. Com 37 anos, me sinto muito bem e acho que posso jogar mais dois anos em alto nível tranquilamente", completou.

Zé Roberto vinha atuando pelo Al-Gharafa, do Catar, e não joga uma partida há quase um mês. Por isso, o meia admitiu que precisa de tempo para se preparar para a estreia, mas ressaltou que não deve ter problemas na readaptação ao futebol brasileiro.

"Acredito que não deva demorar muito, até porque quando voltei em 2007 pra jogar no Santos estava há sete anos jogando na Alemanha e minha adaptação foi muito rápida. Espero que aqui seja rápida também. A partir de amanhã (terça) começo a me aprimorar iniciando os treinamentos e espero jogar o mais rápido possível", afirmou.

O jogador chega ao nono clube da carreira, depois de passar por Portuguesa, Real Madrid, Flamengo, Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Santos, Hamburgo e Al-Gharafa. Ele explicou que o projeto apresentado pela diretoria e pelo técnico Vanderlei Luxemburgo foram essenciais para sua decisão de retornar ao País.

"A minha volta foi pelo projeto que foi apresentado. Tinha a possibilidade de continuar no Catar ou até voltar para a Alemanha, mas falei muito com o Vanderlei Luxemburgo e o Emerson Rosa (auxiliar), que me contaram que o clube está com um projeto ambicioso. Tenho interesse de jogar pelo Grêmio porque tem um time competitivo, com um elenco que entra forte pro Brasileiro", apontou.

FÁBIO AURÉLIO - Também nesta segunda-feira, o Grêmio apresentou outro reforço para o Campeonato Brasileiro: o lateral-esquerdo Fábio Aurélio, que estava há seis anos no Liverpool. Assim como Zé Roberto, ele chegou com desconfiança sobre suas condições físicas, já que ficou muito tempo afastado na Inglaterra por lesão, mas garantiu estar em forma para ajudar a equipe.

"Terminei a temporada em condições normais, não joguei muito, mas foi por opção do treinador e não por questões físicas. Terminei as férias e comecei a trabalhar fisicamente por conta própria. Agora fico à disposição da comissão técnica gremista e quando eles acharem que estou em condições fico à disposição do treinador", comentou.

Assim como o meia, Fábio Aurélio exaltou o papel de Vanderlei Luxemburgo na negociação. "Luxemburgo foi primordial. Ele me ligou e disse que queria contar comigo para este projeto. Além disso, recebi dicas de outras pessoas, como o Lucas (ex-Grêmio), meu colega do Liverpool, que destacou a seriedade e a história do clube", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.