Zé Roberto conta que zagueiro é o ponto fraco de Gana

A seleção brasileira já está descobrindo como fazer para vencer Gana, na terça-feira, em Dortmund, e avançar às quartas-de-final da Copa do Mundo. Durante uma entrevista coletiva neste domingo, no jardim do Castelo Lerbach - concentração da equipe em Bergisch Gladbach -, o volante Zé Roberto revelou que um dos pontos fracos dos africanos é o zagueiro Samuel Kuffour, que foi seu companheiro no Bayern de Munique."Pelo tempo que joguei com ele no Bayern, percebi que é um grande jogador. Defende bem, mas tem uma deficiência. Ele é um pouco lento", contou Zé Roberto, que ainda não sabe se Kuffour estará entre os titulares de Gana contra o Brasil. "Se ele jogar, teremos que nos movimentar bastante no ataque para explorar essa deficiência".Também ciente de como joga os ganeses, o volante Emerson espera que a seleção africana mantenha a postura adotada na primeira fase do Mundial, quando venceram República Checa e Estados Unidos. "Se eles jogarem aberto contra a gente, será bom porque teremos mais espaço. Aí, ficará difícil para eles", disse o jogador, que teve a mesma opinião do lateral-esquerdo Roberto Carlos. "O Japão veio aberto e tomou quatro gols. Gana é uma seleção rápida e forte. Acho que será um jogo franco e de muitos gols".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.