Icaro Limaverde/Estadão
Icaro Limaverde/Estadão

Zé Roberto e Robinho treinam mesmo na folga do elenco do Palmeiras

Dois jogadores buscam recuperação de problemas musculares

O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2015 | 15h36

Mesmo com a folga geral do elenco do Palmeiras após a goleada para a Chapecoense no domingo, Robinho e Zé Roberto estão treinando em dois períodos na Academia de Futebol em busca da recuperação de problemas musculares. A intenção da comissão técnica é recondicionar todos os jogadores no período de dez dias sem jogos do Campeonato Brasileiro. Os dois devem voltar a atuar no dia 14 de outubro, contra a Ponte Preta, no Allianz Parque. 

Os dois jogadores estavam desgastados depois da vitória sobre o Internacional, por 3 a 2, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Robinho chegou a ser substituído na etapa inicial e Zé Roberto terminou o jogo extenuado. O Palmeiras enfrentou uma maratona de 17 jogos em 57 dias, considerando Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. 

Os dois foram poupados na derrota diante da Chapecoense, mas fizeram muita falta. A equipe teve muita dificuldade para manter a posse de bola e foi totalmente dominada pelos donos da casa. Com a goleada, a equipe perdeu o lugar no G-4 e caiu para o sexto lugar no Campeonato Brasileiro. 

O técnico Marcelo Oliveira planeja utilizar o período de treinamento para aperfeiçoar a posse de bola e o posicionamento defensivo. "Vamos treinar a posse de bola, finalização e outros fundamentos que não podem ser trabalhados por causa da sequência de jogos", afirmou o treinador. 

Para enfrentar a Ponte Preta, o zagueiro Jackson e o lateral-esquerdo Egídio são desfalques certos por suspensão. Victor Ramos deve entrar na defesa, com Zé Roberto pela esquerda. Existe a dúvida em relação à escalação de Lucas Barrios, convocado para a seleção do Paraguai nos dois primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa de 2018. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.