Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Zé Roberto foca nas quatro primeiras rodadas do Brasileiro

Lateral projeta bom desempenho no início do nacional

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de maio de 2015 | 07h00

O Palmeiras sabe que começar o Campeonato Brasileiro bem pode ser fundamental para dar confiança aos atletas e corresponder às expectativas da torcida, que espera ver a equipe brigando na parte de cima da tabela. Por isso, o lateral-esquerdo Zé Roberto admite que a equipe trabalha com uma meta inicial de conseguir somar o máximo possível nas quatro primeiras rodadas.

"Sabemos a importância de começar o Brasileiro iniciando bem. O nosso foco é nesses quatro primeiros jogos e conquistar os três pontos. Isso nos fortalece no futuro", disse o experiente jogador.

De fato, são quatro partidas importantes por motivos distintos. Neste sábado, o Palmeiras encara o time reserva do Atlético-MG, no Allianz Parque, jogo em que o Alviverde é franco favorito. Na próxima rodada, o compromisso é fora de casa, contra o Joinville, campeão da Série B do ano passado. Embora vá atuar como visitante, é uma partida em que, teoricamente, também é o favorito.

Na terceira rodada, volta para casa e enfrenta o Goiás, em jogo que será realizado às 11h. E o quarto confronto é o mais disputado. Encara o Corinthians, no Itaquerão, em um confronto que pode vir a ser entre dois candidatos ao título da competição.

O técnico Oswaldo de Oliveira acredita que o elenco já entendeu a importância de estrear bem no Brasileiro e que os três pontos deste sábado valem a mesma coisa que os três da última rodada. "Os jogadores já têm que estar convencidos. Todos são profissionais e sabem as suas atribuições. Todas as equipes têm o mesmo estímulo. Não existe uma estratégia para ganhar o campeonato, tem que jogar jogo a jogo sempre com interesse de vitória, analisando adversário e usando todos os recursos possíveis", analisou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.