Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Zé Roberto não teme pressão no Palmeiras: 'Joguei com a 10 do Pelé'

Meia vê chegada ao clube como um novo desafio e acredita que a pressão não será diferente da que enfrentou em outros clubes

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2015 | 16h13

O meia Zé Roberto chegou ao Palmeiras como a principal contratação o clube para 2015. Ele jogou em alto nível nos últimos dois anos e meio no Grêmio e terá a missão de comandar a equipe dentro de campo. Toda a pressão de liderar um time que está se reconstruindo, após um ano muito ruim, não intimida o jogador, pelo contrário.

"A cobrança e responsabilidade eu carrego desde os sete anos de idade, quando saí de casa para ir atrás do meu sonho. Sempre joguei em grandes equipes e, quanto a isso, estou praticamente vacinado e sei da responsabilidade que é vestir essa camisa. Se consegui honrar a camisa do Santos, do Pelé, então as outras para mim são um grande desafio, mas não maior. Se usei a do Pelé, a responsabilidade é grande, mas não é maior do que essa. O pensamento é o mesmo de outros clubes", explicou o jogador, que assinou um contrato válido por uma temporada.

Zé Roberto chegou a um time no qual alguns atletas têm idade até para serem seus filhos. O lateral-direito João Pedro, por exemplo, tem 18 anos. O atacante Gabriel Jesus está com apenas 17. Com tanta experiência, o meia assume por conta própria a função de líder da equipe e acredita que isso pode ser benéfico para sua carreira.



" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

"O que me motiva a continuar é poder, antes de parar, deixar um legado. Isso é importante para essa juventude, que está iniciando a carreira. Eu me sinto um garotão como eles, mas é claro que pretendo ajudá-los", disse o meia, que, embora tenha assinado contrato de apenas um ano, acredita que pode jogar pelo menos mais dois anos. Sua vontade, no entanto, é ainda mais ambiciosa. "Eu quero ir até os 50, mas vamos falar 45", brincou.

Zé Roberto faz parte de uma lista de oito reforços assegurados pelo Palmeiras para a nova temporada. Os outros são o lateral-direito Lucas, o lateral-esquerdo João Paulo, o zagueiro Vitor Hugo, os volantes Amaral, Andrei Girotto e Gabriel e o atacante Leandro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasZé Roberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.