Zé Roberto volta a treinar no Grêmio e joga no sábado

Depois de ser poupado do treinamento da última quinta-feira por causa de dores musculares, Zé Roberto voltou a treinar na manhã desta sexta, no gramado suplementar do Estádio Olímpico, e garantiu presença na equipe do Grêmio que enfrentará o Criciúma, neste sábado, às 18h30, no Heriberto Hulse, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2013 | 12h36

O meio-campista provou que está recuperado das dores ao treinar normalmente nesta fria manhã de sexta em Porto Alegre. Com isso, ele deve ser escalado pelo técnico Renato Gaúcho em um meio-campo que também deverá contar com Ramiro, Matheus Biteco e Elano.

Além de Zé Roberto, o treinador terá o retorno do atacante Barcos, que não enfrentou o Botafogo no último domingo, na Arena Grêmio, por estar se recuperando de lesão. Em compensação, os volantes Souza (lesionado) e Adriano (suspenso) são desfalques certos da equipe gremista.

Nesta sexta, porém, Renato minimizou o peso das baixas e disse ter total confiança em Matheus Biteco e Ramiro como substitutos diante do Criciúma. "Não é pela idade ou pelo salário. Se o jogador está no grupo do Grêmio eu confio e coloco pra jogar. Sempre digo que tudo pode acontecer e que todos devem estar preparados pra entrar quando for preciso", enfatizou.

Já ao comentar o fato de que só pode relacionar três dos quatro estrangeiros do elenco para cada jogo do Grêmio, pois o regulamento do Brasileirão só permite a presença de no máximo três atletas de fora do Brasil por jogo, o treinador lamentou essa exigência da CBF, mas comemorou as opções do seu elenco. Para esta partida de sábado, o treinador relacionou Barcos, o chileno Vargas e o uruguaio Maxi Rodríguez como estrangeiros, descartando assim o paraguaio Riveros.

"É um problema bom porque temos grandes opções, mas também ruim porque um deles sempre vai ficar triste. O Riveros é um grande profissional e até jogaria se o Barcos ficasse de fora. Conversei com ele e ele entendeu. Infelizmente, não sou eu que faço as regras", opinou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmioZé Roberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.