Zé Teodoro é demitido no Rio Branco

Praticamente fora da briga direta pelo título paulista, o Rio Branco demitiu o técnico Zé Teodoro, nesta quinta-feira à tarde, e contratou Nicanor de Carvalho Júnior. O novo técnico assume o time já nesta sexta-feira. "Acho que alguns resultados foram inesperados, mas o time estava no caminho certo", disse Zé Teodoro, lamentando bastante a sua saída do clube. Ela já teria ocorrido antes, se não houvesse uma cláusula contratual com uma multa rescisória em torno de R$ 1 milhão. Desta vez, porém, as partes chegaram num acordo. O novo técnico está ciente de que vai para um grande clube. "O Rio Branco tem uma grande estrutura e bons jogadores. Vamos tentar motivar o grupo e ainda lutar pelo título", comentou Nicanor de Carvalho, que iniciou a temporada no comando do Botafogo de Ribeirão Preto. Depois de duas rodadas do returno, União São João e Ituano dividem a liderança do Paulistão, com 25 pontos ganhos. Santo André e Juventus têm 23 pontos. Esta é a décima troca de técnico da Série A1. Antes de Zé Teodoro já foram demitidos: Polozi (União Barbarense), Leandro Campos (Internacional); Fito Neves e Vágner Benazzi (Matonense); Joãozinho Rosa e Gilberto Costa (Santista), Adilson Batista(Mogi Mirim); Cilinho (América) e Nicanor de Carvalho (Botafogo).

Agencia Estado,

21 Março 2002 | 19h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.