Zé Teodoro já promete reação

Nem o mais pessimista torcedor da Portuguesa de Desportos esperava apanhar de 5 a 0 do Santos, na Vila Belmiro, na abertura do Campeonato Paulista. Imagine então a decepção do técnico Zé Teodoro, que estava animado em comandar o time numa campanha positiva, mas esperava ter um pouco mais de sorte diante do bicampeão brasileiro."Os gols saíram muito fáceis. Daí fica complicado segurar um time como o Santos, que está entrosado. Nós só fizemos dois coletivos juntos, o que é muito pouco, mas tenho certeza de que vamos melhorar", prometeu o treinador. Ele também lamentou as condições do campo, que "estava pesado" devido as chuvas e ainda lembrou: "Cada time jogou num ritmo diferente. Eles sentiram a parte física e nós o entrosamento", completou.A derrota deixou a Portuguesa como última colocada, devido o saldo de gols: quatro negativos. A expectativa, agora, é pela recuperação do time em casa, no Canindé, domingo, às 16 horas, contra o Guarani que estreou empatando com o União São João, por 1 a 1, em Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.