Zeca festeja temporada e diz tirar lições para brilhar em 2016 no Santos

O lateral-esquerdo Zeca fez um balanço positivo da temporada 2015 no Santos. O jogador se firmou na equipe após a chegada de Dorival Júnior, participou da vitoriosa campanha no Campeonato Paulista, ainda que quase sempre como reserva, e também foi lembrado para a seleção brasileira olímpica. E ele afirmou tirar lições até dos momentos ruins, como a derrota na decisão da Copa do Brasil, para brilhar ainda mais em 2016.

Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2015 | 13h41

"No começo foi difícil para gente, ninguém acreditava em nós. Todo mundo falava que o time ia cair para segunda divisão. Fomos campeões paulistas, mas tivemos dificuldades no início do Brasileiro. Depois, com a chegada do Dorival, nós conseguimos nos recuperar. Chegamos até a final da Copa do Brasil. Precisamos levar de lição tudo que aconteceu, para não repetir em 2016. Espero conquistar títulos no ano que vem", afirmou ao site oficial do clube.

Pouco aproveitado no início do ano, Zeca quase deixou o Santos, pois despertou o interesse do futebol dos Estados Unidos. Por isso, o lateral até citou um trecho do hino do clube para festejar por ter encerrado o ano como titular.

"Me sinto muito feliz com a oportunidade de jogar no Santos. Sempre tive o sonho de jogar no Santos. É uma honra jogar no time profissional do Santos. A frase é essa: É um orgulho que nem todos podem ter", afirmou.

Com contrato até dezembro de 2018, Zeca disputou 35 partidas pelo Santos em 2015. E ele prometeu lutar por mais conquistas na próxima temporada. "Dá para esperar muito em 2016. Tenho certeza que no ano vem o time vai voltar bem mais forte e lutar por títulos", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCZeca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.