Zenit marca no fim e sai na frente na Liga dos Campeões

O forte frio que fazia em São Petersburgo não contagiou os jogadores e Zenit e Benfica fizeram uma partida empolgante, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. No final, melhor para os russos, que marcaram no fim, venceram por 3 a 2 e precisam apenas de um empate no jogo de volta, em Portugal, no dia 6 de março, para garantir vaga nas quartas.

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2012 | 17h15

Apesar da temperatura de menos nove graus, o Benfica não se acomodou, começou o jogo pressionando o adversário e abriu o placar. Aos 20 minutos, Maxi Pereira aproveitou rebote do goleiro Zhevnov, após falta cobrada por Óscar Cardozo, e só empurrou para as redes.

O gol acordou o Zenit, que partiu para cima e chegou ao empate apenas sete minutos depois. Após cruzamento da esquerda, Shirokov completou de primeira, no canto esquerdo do goleiro brasileiro Artur, e selou o placar da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o ritmo do jogo caiu e as chances se tornaram escassas. Apenas aos 26 minutos, o time russo virou placar, e com um golaço. Após linda troca de passes pela direita, Bystrov achou Semak dentro da área. O meia, pressionado por Maxi Pereira, tocou de letra no canto direito.

Quando parecia que a partida terminaria em 2 a 1, mais dois gols aconteceram. Óscar Cardozo aproveitou falha de Zhevnov e empatou para o Benfica, aos 42 minutos. No entanto, um minuto depois, Shirokov marcou seu segundo gol no jogo, após falha da zaga portuguesa, e garantiu a vitória do Zenit.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.