Zenit vence e segue como único 100% na Liga dos Campeões

O Zenit segue como a grande surpresa desta edição da Liga dos Campeões. Mesmo já classificado, o time russo não tirou o pé do acelerador, manteve o ótimo desempenho das primeiras rodada e derrotou o Valencia com extrema facilidade nesta terça-feira. O 2 a 0 em São Petersburgo manteve a equipe como única com 100% de aproveitamento na competição.

Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2015 | 17h09

Com isso, o Zenit chegou a 15 pontos e, além da vaga, já tem assegurada a primeira colocação do Grupo H. Na última rodada do torneio, vai encarar o Gent, dia 9 de dezembro, na Bélgica. Já o Valencia estacionou nos seis pontos e duela com o Lyon em casa, no dia 9. Gent (quatro pontos) e Lyon (apenas um) ainda se enfrentam nesta terça.

Se o placar foi de 2 a 0, poderia ter sido ainda mais amplo se não fosse a má pontaria dos atacantes do Zenit, que perderam diversas oportunidades no decorrer da partida. O primeiro gol saiu aos 15 minutos, quando Shatov recebeu em posição duvidosa, avançou e tocou com categoria na saída do goleiro.

Na etapa final, o Zenit manteve o ímpeto ofensivo e chegou ao segundo aos 29 minutos. Danny fez bela jogada pela esquerda e rolou para Dzyuba tocar para o gol vazio. Qualquer chance de reação do Valencia terminou seis minutos depois, com a expulsão de Vezo.

BATE E BAYER

No outro jogo já encerrado desta terça-feira pela Liga dos Campeões, o BATE Borisov recebeu o Bayer Leverkusen e ficou no empate por 1 a 1. Gordeychuk, aos dois minutos, contou com falha incrível do goleiro Leno para abrir o placar para os mandantes. Mas aos 23 da etapa final, Mehmedi deixou tudo igual com belo toque de cobertura.

O resultado foi ruim para ambos. O Bayer Leverkusen manteve a terceira posição com cinco pontos, um à frente do BATE, que é o último. Só que os líderes Barcelona (10 pontos) e Roma (cinco) ainda se enfrentam nesta terça e podem abrir distância. Na última rodada, dia 9, o Bayer recebe o Barcelona, enquanto o Bate viaja para pegar a Roma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.