Zerado com Argentina, Messi acumula 28 títulos no Barcelona

'La Pulga' nunca foi campeão com o time nacional principal

O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2016 | 11h26

Por toda sua carreira profissional, Lionel Messi defendeu apenas duas camisas: a azul-grená do Barcelona e a alviceleste da seleção argentina. "La Pulga" estreou pelo time catalão em outubro de 2004, no clássico diante do Espanyol. Na primeira partida pela equipe nacional, em agosto de 2005 contra a Hungria, o então camisa 18 foi expulso depois de apenas 90 segundos em campo. 

Após 12 anos como jogador, Messi carrega históricos distintos defendendo os dois times. Os títulos do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei na temporada 2015/16 foram o 27º e 28º, respectivamente, do craque no time catalão. Por outro lado, suas chances de conquistar a primeira taça com a seleção argentina foram minadas pela própria cobrança de pênalti desperdiçada e pela defesa do goleiro Claudio Bravo, na batida de Biglia. 

Copa América Centenário foi a sétima competição oficial de Lionel Messi representando a Argentina. Além da edição de 2016, ele esteve presente também nas Copas América de 2007, 2011 e 2015 e nas Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014. No total, chegou em quatro finais e foi derrotado em todas. Em 2007, na Venezuela, caiu diante do Brasil; no Maracanã, em 2014, para a Alemanha; e, nas duas últimas copas continentais, para o Chile nos pênaltis. 

Depois do segundo vice-campeonato para os chilenos, o craque anunciou, ainda no estádio em Nova Jersey, que não jogará mais pela seleção nacional. "É um momento duro para analisar. A primeira coisa que vem na minha mente é o que está acontecendo. Para mim, se acabou a seleção. Foram quatro finais. Tentei o máximo, era o que mais desejava (ser campeão pela Argentina). É o que sinto agora, o que penso. É uma tristeza muito grande. Me tocou demais errar o pênalti", respondeu o camisa 10.

O maior algoz de Messi na seleção é a Alemanha, responsável pelas derrotas argentinas nas últimas três Copas do Mundo. Antes da final de 2014, no Brasil, os alemães despacharam o sul-americanos ainda nas quartas de finais tanto em 2006 como em 2010. A outra derrota do camisa 10 antes de uma decisão foi nas quartas de final da Copa América de 2011, sediada justamente na Argentina. Na ocasião, a eliminação foi nos pênaltis para o Uruguai. 

Messi possui duas conquistas com seu país, passando pelo Brasil nas semifinais em ambas. Em 2005, foi campeão da Copa do Mundo sub-20, disputada na Holanda. Três anos depois, foi medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. 

GLÓRIAS NO BARCELONA

Se Messi ainda tenta sua primeira medalha com a seleção, o mesmo não pode ser dito do Barcelona. O argentino foi campeão espanhol e da Liga dos Campeões logo em sua primeira temporada no time profissional do Camp Nou, em 2004/05. Depois disso, venceu a liga nacional em outras sete oportunidades (2005/06, 08/09, 09/10, 10/11, 12/13, 14/15 e 15/16). A soberania na Espanha também foi confirmada com quatro Copas do Rei (2008/09, 11/12, 14/15 e 15/16) e na Supercopa (2005, 06, 09, 10, 11 e 13). 

Se foi campeão nos três principais torneios domésticos, Messi também não desapontou nas competições internacionais. Além da Liga dos Campeões de 2004/05, vencida sobre o Arsenal com gol do brasileiro Belletti, o camisa 10 levantou as "orelhudas" de 2008/09 e 2010/11, ambas sobre o Manchester United, e 2014/15, batendo a Juventus na decisão. O argentino também é tricampeão da Supercopa da Uefa e do Mundial de Clubes, ambos vencidos em 2009, 2011 e 2015. A única competição que Messi ainda não venceu no continente é a Liga Europa, a qual jamais participou. 

TÍTULOS DE LIONEL MESSI

Argentina

Copa do Mundo sub-20: 2005

Jogos Olímpicos: 2008

Barcelona

Campeonato Espanhol: 2004/05, 05/06, 08/09, 09/10, 10/11, 12/13, 14/15 e 15/16

Copa do Rei: 2008/09, 11/12, 14/15 e 15/16

Supercopa da Espanha: 2005, 06, 09, 10, 11 e 13

Liga dos Campeões: 2004/05, 08/09, 10/11 e 14/15

Supercopa da Uefa: 2009, 11 e 15

Mundial de Clubes da Fifa: 2009, 11 e 15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.