Zetti é novo técnico da Ponte

A diretoria da Ponte Preta surpreendeu na escolha de seu novo técnico para a temporada. No início da tarde, o vice-presidente Marco Antônio Eberlin confirmou a contratação de Zetti para substituir Oswaldo Alvarez, o Vadão, que se transferiu pa ra o Verdy Tokyo, do Japão. O ex-goleiro, bicampeão mundial pelo São Paulo, tem uma curta carreira como técnico e ganhou a disputa contra outros favoritos.O seu contrato, em princípio, dura até o final do ano, por cerca de R$ 40 mil por mês. A opinião do gerente de futebol, Ronaldo de Jesus, ex-companheiro de Zetti no São Paulo, teria pesado bastante na decisão da diretoria, que tentou outros nomes. Entre eles de Estevam Soares e Paulo Campos, que acabou indo para o Real Madrid, onde será auxiliar de Vanderlei Luxemburgo.Esta é a segunda vez que o treinador trabalha em Campinas. A primeira aconteceu na temporada passada. Na ocasião, ele dirigiu o Guarani, mas não obteve sucesso. A Ponte vinha sendo dirigida interinamente por Nenê Santana. O novo técnico deverá acompanhar a partida desta noite, quando a Ponte enfrenta o Flamengo, no Rio de Janeiro. Sua estréia será no próximo domingo, quando a Ponte recebe o Coritiba, Campinas.Zetti iniciou sua carreira como treinador em 2003 nas categorias de base do São Paulo. No ano seguinte ele foi para o Paulista de Jundiaí, onde ganhou destaque ao ser vice-campeão paulista. No mesmo ano ele se transferiu para o Guarani. Não se deu bem. Depois levou o Fortaleza ao acesso à Série A do Brasileiro. No início deste ano, Zetti comandou o São Caetano, no Campeonato Paulista, e mais recentemente o Bahia, na Série B. Ele fracassou nos dois clubes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.