Zetti esconde escalação no São Caetano

Mesmo após o treinamento coletivo realizado nesta tarde, na Chácara Santa Luzia, em Mauá (SP), o técnico Zetti não quis confirmar a escalação do São Caetano para o jogo contra o Guarani, domingo, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. À princípio, o treinador deve mesmo manter o meia Canindé, apesar da volta de Marcinho, que cumpriu suspensão, e atuará mais no ataque na vaga deixada por Luís Cláudio, expulso na derrota, de 4 a 3, para o São Paulo. Desta forma, o time terá vários meias mais habilidosos, mesmo porque Anaílson também tem atuado no ataque. Assim, fica descartada a entrada de um atacante ?especialista?, como Edu Salles, Alessandro (ex-Corinthians) ou Neto Mineiro. Na lateral-esquerda existe uma dúvida entre o jovem Pará, de 17 anos, canhoto, ou Alessandro, que é lateral direito de origem."Ainda tenho mais algum tempo para definir a equipe", disse Zetti, tentando esconder suas escolhas para o adversário. Esta será a primeira vez que Zetti voltará ao Brinco de Ouro, onde não teve boa passagem ano passado, pelo Campeonato Brasileiro. Com nove pontos e ocupando a 10.ª posição, o São Caetano está a sete pontos do líder São Paulo.

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2005 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.