Zetti explica estréia frustrada

Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta deixou o gramado do Moisés Lucarelli debaixo de vaias e xingamentos de sua fiel torcida. Tudo por conta da primeira derrota em casa. O estreante técnico Zetti reconheceu que o time não teve uma boa atuação. "Sofremos um gol muito rápido e depois nos perdemos. No primeiro tempo exageramos nos lançamentos e, no segundo tempo, corremos riscos e erramos muitos passes. Mas fomos bem marcados", resumiu o técnico.Esta foi a segunda derrota seguida do time campineiro, que não sabe o que é vitória há três jogos. A última foi sobre o Santos, na Vila Belmiro."Agora vamos colocar a cabeça em ordem e buscar a reabilitação diante do Palmeiras (nesta quarta-feira, no Palestra Itália)", disse o goleiro Lauro, um dos poucos poupados pela torcida. "Nossos jogadores já demonstraram qualidade e vão dar a volta por cima", concluiu.Do outro lado, o Coritiba finalmente comemorou a vitória, que sucedeu dois empates e uma derrota. O técnico Cuca disse que o resultado foi merecido. "Acho que em outros jogos também jogamos bem, mas em alguns fomos prejudicados pela arbitragem e em outros por falta de sorte. Hoje deu tudo certo", finalizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.