Zetti muda o esquema no São Caetano

O São Caetano entra em campo nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio Anacleto Campanella, disposto a apagar a má impressão deixada no último sábado, quando foi goleado pelo Paulista, em Jundiaí, por 4 a 1. O adversário será o Marília, embalado pela vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0, na segunda rodada do Campeonato Paulista.Para buscar a recuperação, o técnico Zetti resolveu promover várias mudanças no São Caetano, inclusive no esquema tático. A partir deste jogo, o time deixa de lado o 3-5-2, usado há anos por treinadores que passaram pelo clube como Tite, Muricy Ramalho e Péricles Chamusca, e aposta no tradicional 4-4-2. "Tivemos uma atuação ruim no último jogo, por isso optei por fazer algumas mudanças", justificou Zetti. Com a troca de esquema, o sacrificado foi o zagueiro Gustavo, que não ficará nem no banco de reservas. Ele será substituído pelo volante Zé Luís, ex-Atlético Mineiro, que fará sua estréia. O lateral Ceará retorna para o lado direito em virtude da suspensão de Alessandro, que foi expulso. A novidade é a volta do lateral-esquerdo Triguinho, que cumpriu automática em Jundiaí. No ataque, Zetti também tem problemas. Com a saída de Fernando Baiano para o Málaga, do futebol espanhol, ele foi obrigado a escalar Jales. O recém-contratado Luís Cláudio ainda não está bem fisicamente e poderá fazer sua estréia apenas contra o Palmeiras, no domingo.O Marília vive uma situação oposta. Depois da vitória sobre o Corinthians, o clima no elenco é de total tranqüilidade e confiança para repetir a boa atuação do último jogo. "Estamos em ascensão na competição. Em São Caetano será um jogo complicado, mas temos chances de conquistar um resultado positivo", disse o técnico Luís Carlos Martins.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.