Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Zico critica montagem do elenco no Flamengo: 'É uma equipe supervalorizada'

Ídolo rubro-negro acredita que algumas contratações da temporada não surtiram o efeito esperado

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2017 | 19h14

Em evento realizado nesta terça-feira para divulgar o Jogo das Estrelas, um amistoso beneficente que será realizado nesta quarta, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Zico foi questionado sobre o ano do Flamengo. E o ídolo do clube não poupou críticas à montagem do elenco.

+ Após confusões em final, Zico promete Maracanã seguro para o Jogo das Estrelas

"Minha visão é que alguns investimentos que foram feito não surtiram efeito dentro do campo. Acho que é uma equipe supervalorizada, falei isso muito tempo antes", reclamou. "Não é fácil você trazer muita gente, ainda mais no meio de competição, com mudanças constantes, lesões. A coisa não funcionou".

Na avaliação de Zico, faltou um trabalho melhor de avaliação dos jogadores contratados, especialmente os que vieram do futebol exterior. "O futebol é isso mesmo, precisa seguir em frente e analisar quando vocês faz os investimentos, principalmente quando você vai atrás de jogadores que estão no exterior. É preciso saber como eles estão, o rendimento, questões de saúde", alertou. "E infelizmente não foi isso que aconteceu com alguns jogadores que o Flamengo investiu".

Zico avaliou também que a diretoria precisa se preocupar em trazer jogadores identificados com o clube. Na reta final da temporada, muito se criticou a suposta falta de garra de alguns atletas. "Precisa saber também o que representa a camisa do Flamengo, a história do clube", disse. "É preciso ser bem entendido que o Flamengo é um clube muito diferente dos outros".

O resultado, assim, segundo ele, é que o ano termina de maneira frustrante ao torcedor. "É lógico que o objetivo principal era ter uma boa atuação na Libertadores, o que não aconteceu. Consequentemente conseguiu chegar na Sul-Americana, chegou a duas finais. Lógico que pelo investimento era esperado que isto acontecesse. Mas ficou um gostinho amargo de não ter conquistado uma competição internacional".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.