Zico diz que primeiro gol de Ronaldo decidiu o jogo

Apesar da diferença da qualidade técnica entre Brasil e Japão, Zico admite que chegou a sonhar com a vitória de seu time nesta quinta-feira, em Dortmund. Ainda mais quando Tamada abriu o placar aos 33 minutos do primeiro tempo, aproveitando-se dos espaços deixados por Cicinho. Mas viu suas pretensões caírem por terra com o gol de empate, marcado por Ronaldo já nos acréscimos. "Aquele gol no final complicou tudo. O time brasileiro é de muita qualidade. Eles [jogadores] se aproveitaram do lado psicológico dos japoneses", afirmou, citando a dificuldade de seus jogadores em reverter momentos difíceis.O treinador brasileiro também disse que o Japão chegou a Dortmund já eliminado da Copa do Mundo. Zico já contava com uma derrota para o Brasil, e considera o tropeço contra a Austrália, na estréia da competição, primordial para a volta mais cedo para casa. "Tudo foi decidido no primeiro jogo. Aquela derrota [3 a 1, em Kaiserslautern] atrapalhou totalmente os nossos planos."De fato, o Japão precisaria quase de um milagre para avançar às oitavas-de-final. Teria que vencer o Brasil por pelo menos dois gols de diferença e torcer para que a Austrália não batesse a Croácia.O jogo desta quinta-feira foi, provavelmente, o último de Zico à frente da seleção japonesa. Ele pretende procurar novos ares na Europa, de preferência na Itália. Em 72 jogos no comando do time japonês, o brasileiro colecionou 38 vitórias, 15 empates e 18 derrotas. Ganhou a Copa da Ásia e foi o primeiro a conseguir, no campo, a classificação para a Copa da Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.