Efrem Lukatsky/AP
Efrem Lukatsky/AP

Zico lamenta eliminação do CSKA na Copa da Uefa

Time perdeu para o Shakhtar Donetsk por 2 a 0, com dois gols brasileiros; 'Mostramos nervosismo e insegurança'

Agencia Estado

20 de março de 2009 | 07h54

O técnico do CSKA Moscou, Zico, lamentou nesta sexta-feira a eliminação da equipe na Copa da Uefa, após a derrota por 2 a 0 para o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia. "Estamos muito chateados pela forma como as coisas se passaram na partida", afirmou o brasileiro, em nota publicada no site oficial do clube.

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O CSKA havia vencido o jogo de ida por 1 a 0, na semana passada, e tinha a vantagem de jogar pelo empate, ou até mesmo por uma derrota por um gol de diferença, desde que marcasse um gol. Mas os jogadores, de acordo com Zico, não souberam lidar com a pressão após os gols marcados por Fernandinho e Luiz Adriano, no segundo tempo da partida.

"Mostramos um pouco de nervosismo e insegurança", admitiu o técnico, que assumiu o clube no mês passado, no lugar de Valery Gassaev. Ele ainda reclamou da arbitragem, por não ter dado falta no goleiro Akinfeev no lance do segundo gol do Shakhtar. "Tenho certeza de que o juiz daria falta se o jogo fosse em Moscou", criticou.

Mais conteúdo sobre:
futebolCopa da UefaCSKAZico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.