Twitter Oficial / Kashima Antlers
Twitter Oficial / Kashima Antlers

Zico retorna ao Kashima Antlers como diretor técnico

Ídolo do clube japonês, ex-jogador terá contrato até 31 de dezembro

Estadão Conteúdo

17 Julho 2018 | 11h30

Zico está de volta ao futebol japonês. Nesta terça-feira, o Kashima Antlers, clube pelo qual o craque deu seus últimos passos como jogador, anunciou a contratação do brasileiro para exercer o cargo de diretor técnico, em acordo confirmado e celebrado por ele.

+ Zico: 'Sinto falta daquele jogador que me faz ir ao estádio só pra vê-lo jogar'

+ Falcão diz que Brasil se defendeu bem em 1982; Zico vê time 'torto' após mudança

"Depois de 16 anos, estou voltando ao Kashima Antlers, como diretor técnico, onde vivi grandes momentos de minha vida. A vida nos reserva momentos quando menos a gente espera. Agora é colocar em prática todo o aprendizado em beneficio do clube. Que Deus me ilumine a tomar as decisões corretas. Em agosto já estarei lá trabalhando. Saudações nipônicas", escreveu Zico em seu perfil no Instagram.

O Kashima Antlers explicou, em comunicado publicado no seu site oficial, que o acordo com Zico é válido até 31 de dezembro. E o brasileiro tem sua chegada esperada no Japão para 3 de agosto, quando começará a exercer a função de diretor técnico do clube.

Um dos principais nomes da história do futebol brasileiro, Zico também teve papel importante no desenvolvimento do esporte no Japão. Em 1991, ele deixou para trás a sua aposentadoria para iniciar uma nova aventura no país, onde o futebol ainda era incipiente, antes mesmo da criação da liga nacional, a J League, para defender o Kashima Antlers, que inicialmente se chamava Sumitomo Metal.

Ele permaneceu no clube até 1994, sendo adorado pela torcida do clube e também pelos japoneses. Após deixar de vez os gramados, Zico também teve experiência como dirigente no Kashima Antlers, entre 1996 e 2002. Além disso, chegou a exercer o cargo de técnico do time.

Zico, porém, não trabalhava no futebol profissional desde 2016, quando comandou o FC Goa, na Índia. Agora, então, ele voltará a se envolver diretamente com o esporte no Kashima Antlers.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.