Zico teme jogadas de bola parada da seleção australiana

O técnico do Japão, o brasileiro Zico, disse neste domingo que sua equipe não se deixará intimidar pela maior estatura e corpulência da seleção australiana. Analisando o primeiro adversário que terá na primeira fase da Copa, nesta segunda-feira, ele acredita que o jogo aéreo será a principal arma do rival.No entanto, Zico acredita que os japoneses poderão compensar a diferença de porte físico em relação aos australianos com a experiência acumulada em Mundiais. Enquanto o Japão está em sua terceira Copa consecutiva, a Austrália está de volta a um Mundial depois de 32 anos de ausência."O jogo contra a Austrália será de importância monumental para nós", disse Zico. "A Austrália tem muitos atletas jogando na Europa, mas nós evoluímos bastante nos últimos anos". O brasileiro ressaltou que sua equipe deverá tomar cuidado com jogadas de bola parada, que são propícias para a condição física dos adversários. "Eles têm jogadores muito altos e temos de ficar muito atentos. É preciso ter sempre muita aplicação na marcação".Japão e Austrália estão no grupo F, o mesmo de Brasil e Croácia, que se enfrentam na próxima terça-feira, em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.