Rodrigo Jimenez/Efe
Rodrigo Jimenez/Efe

Zidane afirma que Real Madrid não teme Neymar e Mbappé: 'Estamos preparados'

Técnico do time espanhol confia que conseguirá parar a dupla do time francês na partida desta terça-feira, pela Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2019 | 12h20

Depois de um começo ruim, com uma derrota e um empate nas duas primeiras rodadas, o Real Madrid mostrou reação no Grupo A da Liga dos Campeões da Europa e venceu as duas últimas partidas para ter chances, nesta terça-feira, de se classificar com antecipação às oitavas de final. Para isso, basta um triunfo sobre o Paris Saint-Germain, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

O duelo marcará a estreia de Neymar na competição, já que o brasileiro estava suspenso nas duas primeiras rodadas, inclusive na vitória do PSG sobre o Real Madrid por 3 a 0, e machucado nas duas seguintes. Apesar da qualidade do brasileiro e de Mbappé, o técnico Zidane deixou claro que o time espanhol não teme os dois craques juntos.

"Eu acho que os dois vão jogar (Neymar e Mbappé). Estamos preparados para jogar diante de qualquer um. O público quer ver um ótimo confronto", declarou Zidane em entrevista nesta segunda-feira, após o último treinamento do Real Madrid antes do duelo com os franceses.

Apesar disso, o treinador reconheceu que o jogo não será nada fácil para o Real Madrid, uma vez que o PSG faz um ótimo início de temporada. "É um time que ainda não teve fracassos. Só perdeu um ou dois jogos no Campeonato Francês. É um time em progressão, magnífico. Um dos melhores do mundo. É o jogo mais importante da temporada porque o adversário é muito bom. Vamos precisar de coração e cabeça, acima de tudo de futebol", comentou.

Zidane não escondeu a admiração que tem por Mbappé, nome sempre veiculado no Real Madrid nas janelas de transferências internacionais. "Eu gosto dele há muito tempo, primeiro como pessoa, pois ele veio fazer um teste aqui há alguns anos, e depois como jogador", afirmou o francês.

BRASILEIRO

Rodrygo, sensação do momento, também foi assunto da entrevista. O treinador foi questionado se ele e o meia Valverde, dois jovens jogadores do elenco merengue, atuarão nesta terça-feira. "Valverde e Rodrygo mostraram que estão preparados para jogar no Real Madrid, fazer parte da equipe e tiveram suas oportunidades e se saíram bem. Não me surpreende, apesar de jovens, eles têm energia e desejam progredir".

Há também a expectativa em torno de Gareth Bale. Zidane não confirmou se o galês entrará em campo, mas caso entre é provável que seja vaiado pela torcida do Real Madrid pela polêmica na última Data Fifa, quando ele comemorou a classificação do País de Gales com uma bandeira com a seguinte frase: "Gales. Golf. Madrid. Nesta ordem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.