Luca Piergiovanni| EFE
Luca Piergiovanni| EFE

Zidane contém euforia no Real Madrid: 'Não ganhamos nada'

Francês volta a contar com S. Ramos e Casemiro, mas poupa Bale

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2016 | 10h21

Os últimos dias marcaram a recuperação e a ascensão do Real Madrid, classificado às semifinais da Liga dos Campeões da Europa e a apenas a um ponto do líder Barcelona na luta pelo título do Campeonato Espanhol. Por isso, na véspera do duelo com o Villarreal, pela 34ª rodada do torneio nacional, o técnico Zinedine Zidane conteve o clima de otimismo, embora esteja satisfeito com o atual cenário.

"Não ganhamos nada. Estamos em uma situação boa. Se fala muito e eu não gosto de escutar. Temos a oportunidade de poder lutar pelo Campeonato Espanhol e pela Liga dos Campeões, mas não ganhamos nada. Os jogadores pensam como eu: concentrados no que temos que fazer em cada partida", disse.

O Real Madrid pôde voltar a sonhar com o título do Campeonato Espanhol em razão da péssima fase do Barcelona, que venceu apenas um dos últimos seis jogos que fez na temporada. Zidane, porém, minimizou a situação do rival, destacando que o foco deve estar apenas no seu time.

"Cada um tem as suas dificuldades, mas não penso nisso, mas no que devemos fazer. São ainda os primeiros e devemos seguir com nosso trabalho e a esperança de que podemos conseguir algo, mas sempre nos baseando no trabalho. Se eles ganharem tudo e nós também, não seremos campeões, por isso devemos tentar ganhar todas as partidas", afirmou.

Poupado no último fim de semana, Sergio Ramos e Casemiro estão de volta ao time titular do Real Madrid, enquanto o galês Gareth Bale, com dores musculares, não enfrentará o Villarreal. Zidane, porém, espera voltar a contar com o jogador.

"Não estará porque tem uma sobrecarga e esperamos que seja só isso. É uma dor que tem atrás da perna, mas não sou médico. Amanhã não vai estar e espero que esteja junto a nós na próxima partida", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.