AFP Photo/ Toshifumi Kitamura
AFP Photo/ Toshifumi Kitamura

Zidane destaca futebol japonês após título: 'Estávamos preparados para sofrer'

Técnico do Real Madrid sabia que o Kashima Antlers dificultaria bastante

Estadão Conteúdo

18 de dezembro de 2016 | 15h44

O técnico do Real Madrid, o francês Zinedine Zidane, sabia que o Kashima Antlers dificultaria bastante a final do Mundial de Clubes da Fifa neste domingo, no estádio Internacional de Yokohama, no Japão. Na entrevista coletiva de imprensa após a conquista da taça com vitória por 4 a 2 dos espanhóis na prorrogação, o treinador informou que preparou a sua equipe para um duelo complicado.

"Estávamos preparados para sofrer", afirmou. "Eles corriam, lutavam e atacavam. Mas jogando com essa intensidade, as equipes conseguem manter por 30, 35 minutos e não por 90", analisou o treinador.

Por conta da dificuldade imposta pelos japoneses especialmente no segundo tempo, quando a partida estava empatada em 2 a 2, Zidane informou que optou pela entrada de Isco para mudar a partida e dar mais força ofensiva. "Ao final, quando se está com pensamento positivo e sabe que se pode conseguir, se consegue porque somos uma equipe de muito talento", afirmou.

Zidane também rasgou elogios aos jogadores do Kashima Antlers. "Há atletas que podem jogar a Liga Espanhola porque são muito bons".

Aos seus comandados, ele agradeceu pelo empenho e por mais uma conquista no currículo. "Conseguimos algo grande de novo. O estresse está aqui e seguirá enquanto eu continuar no clube. Não penso em nada em particular, só na minha família. Eles estarão sempre aqui. devo também agradecer aos jogadores. São todos fenomenais. Os que jogam mais e os que jogam menos", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.