Divulgação
Divulgação

Zidane diz que teria aceitado substituir Carlo Ancelotti no Real

Rafa Benítez foi o escolhido pelo clube espanhol para o comando

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 11h16

O ex-jogador Zinedine Zidane garantiu que teria aceitado o cargo de técnico do Real Madrid se tivesse recebido a proposta após a saída de Carlo Ancelotti, ao fim da última temporada. O clube espanhol, no entanto, optou por Rafa Benítez, que vem de trabalhos pouco expressivos e estava no Napoli, da Itália. 

Atualmente treinador do time B do Real Madrid, Zidane deu entrevista divulgada nesta terça-feira pela revista France Football. "Sim, eu teria aceitado ser o sucessor do Ancelotti. Sou um profissional e jamais vou recusar um desafio", garantiu o francês.

O craque francês defendeu as cores do Real Madrid de 2001 a 2006 e após a aposentadoria passou a ocupar cargos no clube, até se tornar treinador do time B. Apesar de admitir que aceitaria ocupar a vaga deixada após a demissão de Ancelotti, o ex-jogador garantiu que não ficou decepcionado por não ter recebido o convite do presidente Florentino Pérez.

"Não não estou decepcionado, de verdade que não estou decepcionado. Foi considerado que este não era o momento. As coisas acontecem de forma natural, não têm de forçá-las. Não estava escrito que seria assim. Florentino Pérez tomou a decisão de eleger outro treinador e pronto", declarou. Enquanto não tem uma oportunidade na equipe principal, Zidane fez um balanço de seu primeiro ano à frente do time B. "Pela primeira vez tive de mandar. É você que tem de tomar decisões. Ser treinador significa estar sozinho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.