Reuters
Reuters

Zidane diz que trabalhará mais perto de Mourinho no Real Madrid

Ex-craque francês quer ser o 'elo' entre o time e a direção do clube espanhol

Efe,

16 de outubro de 2010 | 14h44

PARIS - O francês Zinedine Zidane confirmou que deixará de ser conselheiro pessoal do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, para trabalhar mais perto do treinador, José Mourinho, e ser o "elo" entre o time e a direção.

 

"Estou mais com ele (Mourinho) que com o presidente desde o início da temporada, e vou colaborar mais com ele", afirmou o francês à rádio "Europe 1".

 

Zizou disse que a forma de colaboração "será definida nas próximas semanas", mas indicou que será "o laço de união entre a equipe e o presidente", apesar de não ficar no banco durante os jogos.

 

O craque francês vê com bons olhos esta mudança, pois queria "estar mais por dentro da estrutura do clube".

 

Zidane se referiu a seu filho Enzo, que joga nas categorias de base do Real, disse que "carrega um sobrenome complicado" e mostrou seu desejo de que isso não afete sua carreira.

 

"O importante é que possa se divertir, brincar, que falem dele um pouco menos, que viva como um garoto de 15 anos", afirmou.

 

Zidane não quis dizer se prefere que seu filho jogue pela seleção francesa ou pela espanhola. "Veremos isso quando ele for convocado", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
ZidaneReal MadridMourinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.