Gabriel Bouys/AFP
Gabriel Bouys/AFP

Zidane exige Real Madrid ainda 'mais forte' para 2º duelo com Atalanta pela Liga dos Campeões

Técnico francês pede para time não se acomodar com vantagem de 1 a 0 construída no jogo de ida das oitavas de final

Redação, Estadão Conteúdo

15 de março de 2021 | 13h14

A vitória do Real Madrid por 1 a 0, obtida no jogo de ida sobre a Atalanta, em Bérgamo, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, não ilude o técnico Zinedine Zidane. Segundo o francês, o time espanhol vai ter de se apresentar muito "mais forte" no jogo de volta, previsto para esta terça-feira, em Madri.

"Nós temos de partir do zero. Vencemos o primeiro jogo, mas o segundo será muito difícil. Vamos ter de produzir muito mais desta vez para conseguir a classificação. Não podemos pensar no que fizemos na Itália", afirmou Zidane, em entrevista coletiva.

O treinador elogiou os rivais e não quis revelar como vai formar o sistema defensivo. Trata-se Deum grande adversário, que vai vir para ganhar o jogo. Desta forma, posso formar a defesa com quatro jogadores ou com três. Decido amanhã (nesta terça)."

A ausência de Hazard, por causa de lesão, não incomoda o técnico do Real. Não vai jogar e não podemos fazer nada. Temos outros jogadores para a função e que podem fazer uma grande partida." Zidane também conta com os gols de Benzema, autor de dois na vitória sobre o Elche, pelo Espanhol.

O atacante, de 33 anos, que passou por um período de recuperação de lesão, espera acumular boas atuações para conseguir a renovação de seu contrato, com validade até 2022. "Não tenho a obrigação de fazer todos os gols da equipe, mas preciso ajudar para que eles sejam feitos. Vai ser um jogo muito complicado, pois a Atalanta, como todo time italiano, é muito organizada e vai exigir de nós também uma postura ofensiva para permanecer na competição."

Benzema não aceita que o Real Madrid tenha o rótulo de favorito para o jogo. "O futebol tem mostrado muito nos últimos anos que todos os jogos são difíceis e os resultados cada vez mais normais. Temos a vantagem do primeiro jogo, mas isso não garante nada para o segundo duelo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.