Zidane minimiza má fase do Real e diz: 'Gosto quando as coisas ficam difíceis'

Zidane minimiza má fase do Real e diz: 'Gosto quando as coisas ficam difíceis'

Equipe espanhola enfrenta o Tottenham nesta quarta-feira, em Londres

Estadão Conteúdo

31 Outubro 2017 | 17h54

O técnico Zinedine Zidane divulgou nesta terça-feira a lista de relacionados do Real Madrid para a partida contra o Tottenham, na quarta, às 17h45, no estádio Wembley, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

+ Técnico do Napoli exalta City e vê Guardiola como melhor do mundo

O duelo vale a liderança do Grupo H, já que as equipes dividem a ponta com sete pontos. Também pode servir para o Real Madrid reencontrar o bom futebol. A equipe vem de derrota por 2 a 1 para o Girona, fora de casa, pelo Campeonato Espanhol. O resultado fez com que o Barcelona abrisse oito pontos de vantagem na liderança.

Zidane tratou de minimizar o desempenho aquém do esperado neste início de temporada. "O mais importante é o trabalho. Em uma temporada, há momentos delicados, mas eu gosto deste desafio, temos um bom jogo para ganhar novamente. Eu gosto quando as coisas ficam difíceis, porque a vida é assim. O que queremos é ganhar de novo", comentou em entrevista coletiva.

Relacionado para o jogo, o lateral-esquerdo Marcelo também falou que a derrota no final de semana faz parte do passado. "Ficamos tristes, mas agora temos que estar de olho no jogo de amanhã (quarta-feira). A derrota serve de motivação para tentar recuperação. Sabemos o que temos feito de errado e vamos tentar não cometer os mesmos erros", analisou.

A principal expectativa para a recuperação da equipe fica por conta do craque Cristiano Ronaldo, que chega para a partida com uma motivação a mais, após ter sido eleito na última semana, pela quinta vez em sua carreira, o melhor jogador do mundo.

O português tem feito um grande início de Liga dos Campeões. Em três partidas, anotou cinco gols. Fez dois na vitória por 3 a 0 sobre o Apoel, na estreia, em casa. Depois voltou a marcar por duas vezes no triunfo por 3 a 1 sobre o Borussia Dortmund, fora de casa. Por fim, marcou de pênalti no empate por 1 a 1 com o Tottenham.

Ao longo da Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo tem a incrível marcada de ter marcado 95 gols em 91 partidas, média de 1,04 por jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.