Gabriel Bouys/AFP
Gabriel Bouys/AFP

Zidane nega favoritismo e minimiza retrospecto favorável contra o Bayern

Real Madrid joga na Alemanha nesta quarta-feira no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

24 de abril de 2018 | 14h30

O Real Madrid visita o Bayern de Munique nesta quarta-feira, na Alemanha, na abertura do confronto pelas semifinais da Liga dos Campeões. Trata-se da repetição do duelo de quartas de final da temporada, quando o Real levou a melhor. Mas o técnico Zinedine Zidane descartou o favoritismo e apostou em dois jogos equilibrados.

+ Kroos prevê mata-mata mais duro em reencontro: 'Bayern melhorou muito' 

+ Heynckes confirma Alaba e Tolisso como dúvidas e vê jogo 'sem favoritos'

"Não há nada de favoritismo, nem para um e nem para outro. É uma semifinal, é diferente do que aconteceu no ano passado. É outra partida. Estamos nas semifinais e queremos jogar uma boa partida. Estamos preparados para isso, sabendo que vamos ter que sofrer, mas isso é o futebol", comentou.

Nas quartas do ano passado, o Real derrotou o Bayern na Alemanha por 2 a 1, mas foi surpreendido na volta pelo mesmo placar. Na prorrogação, marcou três vezes para garantir a vaga à semifinal, dando sequência à campanha que culminaria no seu 12.º da Liga dos Campeões.

Naquele confronto, Cristiano Ronaldo foi fundamental ao marcar cinco dos seis gols do Real. Agora, Zidane conta com o português novamente em alta para eliminar o mesmo adversário. "Sabemos o peso do Cristiano e esperamos que ele esteja bem amanhã", disse o francês.

Outro nome importante para o Real é Sergio Ramos, que cumpriu suspensão na segunda partida das quartas de final contra a Juventus e volta ao time nesta quarta. "É nosso capitão e líder. É muito importante para nós. Quando o Sergio joga, é melhor para a equipe", apontou Zidane.

 

Campeão de três das últimas quatro edições da Liga dos Campeões, o Real tenta manter o ótimo retrospecto recente em confrontos de mata-mata. Do outro lado, porém, encontrará um Bayern que cresceu demais após a chegada do técnico Jupp Heynckes e que já garantiu o título do Campeonato Alemão.

"Alguma coisa mudou (no Bayern). Alguma coisa o Heynckes fez de muito bom. Tenho o máximo respeito. O que ele já fez no Real Madrid, no Bayern... É admirável. Tenho apenas palavras boas para este senhor. Vai ser uma partida bonita, gostamos de jogos assim", projetou Zidane.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.