Francisco Seco / AP
Francisco Seco / AP

Zidane poupa time em treino e Real viaja com força máxima a Kiev para decisão

Cristiano Ronaldo e Carvajal se recuperaram de lesões leves e estão à disposição do treinador

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2018 | 13h46

Ciente de que os seus jogadores estão no limite do desgaste físico nesta reta derradeira da temporada europeia, o técnico Zinedine Zidane optou por comandar um treino bem leve nesta quinta-feira na última atividade realizada pelo Real Madrid em solo espanhol antes de o time embarcar para a Ucrânia, onde no sábado enfrenta o Liverpool, às 15h45 (de Brasília), na final da Liga dos Campeões.

+ Com Milner e Emre Can recuperados, Liverpool leva 24 jogadores para final em Kiev

+ Uefa confirma Istambul como palco da final da Liga dos Campeões em 2020

O treinamento teve menos de 50 minutos de duração no CT do clube, de onde a equipe seguiu rumo ao aeroporto com um grupo de 24 jogadores relacionados pelo comandante francês. Sem problemas com atletas lesionados, o treinador terá força à máxima à disposição para a partida na qual a sua equipe buscará um histórico 13º troféu continental para o clube, sendo o terceiro seguido em três anos após o bicampeonato obtido em 2017.

Mais uma vez a principal esperança de gols do Real nesta luta pelo título com o Liverpool e artilheiro isolado da Liga dos Campeões, com 15 bolas na rede, Cristiano Ronaldo voltou a defender a equipe merengue na rodada final do Campeonato Espanhol, no último sábado, quando marcou um dos gols do empate por 2 a 2 com o Villarreal, fora de casa. E o astro português provou estar recuperado após ter se afastado dos gramados por algumas semanas para poder tratar da melhor forma possível uma lesão sofrida durante um clássico contra o Barcelona.

O lateral Dani Carvajal foi outro a retornar à equipe neste confronto do final de semana depois de ter se recuperado de lesão. Assim, ele também foi confirmado neste grupo de 24 atletas que embarcaram com a delegação do time madrilenho, sendo que deste grupo seis nomes terão de ser descartados para a decisão, pois no máximo sete jogadores podem ficar no banco de reservas pelo regulamento atual da Uefa.

Assim como ocorrerá com o rival Liverpool, que também viajou nesta quinta rumo a Kiev, o Real fará um único treino na Ucrânia para a decisão deste sábado. A atividade será realizada nesta sexta no estádio NSK Olimpiyskyi, o palco da grande final.


Confira os relacionados do Real Madrid para a decisão:

Goleiros - Keylor Navas, Casilla e Luca.

Defensores - Carvajal, Vallejo, Sergio Ramos, Varane, Nacho, Marcelo, Theo e Achraf.

Meio-campistas - Kroos, Modric, Casemiro, Llorente, Asensio, Isco, Kovacic e Ceballos.

Atacantes - Cristiano Ronaldo, Benzema, Bale, Lucas Vázquez e Mayoral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.