Zinho entre Nova Iguaçu e Arábia

Depois de 16 anos na Gávea, o meia Zinho rescindiu hoje seu contrato com o Flamengo, clube que o revelou para o futebol. Mas não encerrará a carreira. Aos 37 anos, o jogador revelou ter proposta do Nova Iguaçu, para disputar o Campeonato Carioca da Série B, e de um time árabe. A tendência é a de que opte por jogar pelo Nova Iguaçu, onde é sócio minoritário. "Tenho uma história muito bonita no Flamengo. Saio pela porta da frente e espero um dia voltar em outra função", declarou Zinho, que tem por objetivo ser treinador depois de encerrar a carreira. Convicto de que Zinho poderia ter ajudado mais a equipe rubro-negra durante o Campeonato Carioca, quando permaneceu sendo escalado entre os reservas, o pai do jogador, Crizan, fez várias críticas ao técnico do Flamengo, Cuca. "É um incompetente. Não soube armar o time na final da Taça Rio contra o Fluminense. Ele quase não deu oportunidades ao Zinho".

Agencia Estado,

05 de abril de 2005 | 19h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.