Zizinho, herói da Copa de 50, morre no Rio

Zizinho, um dos maiores heróis do futebol brasileiro, morreu no início desta madrugada, do coração, aos 80 anos, na casa de sua filha, no bairro de Ingá, em Niterói (RJ). Um dos heróis do tricampeonato do Flamengo, em 42, 43 e 44, Thomaz Soares da Silva foi titular por vários anos da seleção brasileira e, com a camisa 10, disputou 54 partidas e marcou 37 gols. Mestre Ziza, como passou a ser chamado, foi eleito o melhor jogador da Copa de 1950, quando marcou quatro gols. Zizinho inspirou grandes nomes do futebol brasileiro, como Didi e Pelé. O rei do futebol, certa vez, chegou a dizer que quando era garoto procurava imitar dois jogadores: Dondinho, seu pai, e Zizinho.O corpo de Zizinho será enterrado às 17 horas no cemitério do Maruí, em Niterói.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.