Zona de rebaixamento teve confrontos quentes no Campeonato Inglês

A entrada violenta de McManaman, do Wigan, em Massadio Haidara, do Newcastle, foi o destaque

Glauco de Pierre, O Estado de S. Paulo

18 de março de 2013 | 18h04

SÃO PAULO - Se na parte de cima da tabela o Campeonato Inglês já está praticamente definido - o Manchester United é o líder, 15 pontos à frente do rival Manchester City, a oito rodadas do final da competição - a briga para deixar a zona de rebaixamento está quente. No último sábado, o Wigan recebeu o Newcastle em casa e venceu por 2 a 1. O time mandante chegou aos 27 pontos e está a 3 do Aston Villa, o primeiro clube fora da degola.

O jogo foi muito disputado e um lance chamou a atenção dos executivos da Premier League: a violentíssima entrada de Callum McManaman, do Wigan, em cima do francês Massadio Haidara, de 21 anos e atleta do Newcastle. No lance, Haidara se antecipa e domina a bola, mas McManaman dá uma entrada no joelho do rival. O mais incrível é que o árbitro do jogo, Mark Halsey, não deu sequer falta. "Peço desculpas a todos por ter perdido esse lance. É terrível. As imagens falam por si. Achei que tinha sido um lance de jogo... eu estava longe", lamentou.

O lance ocorreu no final do primeiro tempo e acabou em confusão, já que os colegas do jogador agredido foram tirar satisfação com McManaman, que foi para os vestiários sem falar nada. Haiadara foi levado imediatamente ao hospital, onde foi confirmada a ruptura de todos os ligamentos de seu joelho.

Os dirigentes da federação inglesa estão à espera da súmula de Halsey para ver se o árbitro será ou não punido. McManaman também deverá ter de se explicar sobre o lance para as autoridades do futebol inglês.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterCampeonato Inglêsfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.