Zubizarreta é demitido do cargo de diretor de futebol do Barcelona

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira a demissão do seu diretor de futebol, o ex-goleiro Andoni Zubizarreta. A saída do ex-goleiro do cargo acontece menos de 24 horas depois do clube catalão perder para a Real Sociedad por 1 a 0, em partida válida pelo Campeonato Espanhol.

Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2015 | 15h09

No cargo de diretor esportivo, Zubizarreta esteve diretamente envolvido em diversas contratações recentes do Barcelona, incluindo as chegadas dos atacantes brasileiro Neymar e uruguaio Luis Suárez.

"O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, decidiu rescindir o contrato do até hoje diretor de futebol do clube, Andoni Zubizarreta", anunciou o clube em nota oficial. "O presidente, en nome do clube, agradece a Andoni Zubizarreta pela sua dedicação e profissionalismo nesses últimos quatro anos à frente da direção do clube", acrescentou.

Zubizarreta foi goleiro do Barcelona entre 1986 e 1994 e havia retornado ao clube no cargo de diretor esportivo em julho de 2010. A política de contratações do time vinha sendo bastante criticada em anos recentes, sobretudo a falta de reforços para o sistema defensivo, que foi incrementado com a chegada de vários jogadores na última janela de transferências.

Agora, porém, o Barcelona está proibido de realizar contratações em 2015 por causa de irregularidades na incorporação de jovens. O clube catalão inclusive marcou para a próxima quarta-feira uma reunião em que o principal tema será a punição imposta pela Fifa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonaZubizarreta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.