Zveiter nem chegou a rever os jogos

O presidente do STJD, Luiz Zveiter nem chegou a rever todos os 11 jogos do Campeonato Brasileiro apitados pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho para se decidir pela anulação. Zveiter contou neste domingo que, depois de consultar os auditores do tribunal e a comissão de ex-árbitros escalados para analisar as partidas, procurou os membros da Polícia Federal e do Ministério Público, que ouviram o depoimento de Edílson. Com inmpressões de todos os lados, concluiu que ?todos os jogos estavam contaminados?. Zveiter revelou ter fortes indícios de que o árbitro estavam fazendo ?jogo duplo?.O presidente do STJD admitiu que a anulação dos jogos não apaga os prejuízos a clubes e torcedores, mas ?isso foi o menos traumático que a Justiça Desportiva poderia fazer?. De acordo com ele, os danos provocados pelo árbitro são irreparáveis. ?Os torcedores foram vilipendiados em sua paixão?, concluiu.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2005 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.