Zveiter só terá substituto em janeiro

Com a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de impedir que magistrados acumulem funções na esfera da justiça esportiva, o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção federal, Rubens Approbato Machado, assumirá interinamente a presidência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ele ocupará a vaga do desembargador Luiz Zveiter, obrigado a deixar o cargo. O vice-presidente do Tribunal, o também desembargador Nelson Braga, é outro que terá de deixar suas funções no STJD até 31 de dezembro.Por ser o mais antigo auditor do tribunal, Approbato, que é torcedor do Corinthians, vai presidir o STJD até que seja convocada novaeleição. Isto deve ocorrer em janeiro, depois que entidades ligadas aos jogadores e aos clubes da primeira divisão do futebol brasileiro indicarem os substitutos de Luiz Zveiter, Nelson Braga e do juiz Luiz Geraldo Lanfredi, outro que não poderá mais acumular cargos.Luiz Zveiter e Luiz Geraldo Lanfredi foram indicados pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais do Futebol, enquanto Nelson Braga foi colocado lá pelos clubes. O pleno do STJD é composto por nove auditores. Quando as vagas estiverem preenchidas, será convocada a nova eleição para presidente. Ninguém ainda se lançou candidato.E Approbato já avisou que não há incompatibilidade de auditores que moram fora do Rio dirigirem o STJD. ?Este tribunal tem caráter nacional?, declarou o presidente interino, que reside em São Paulo.

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2005 | 19h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.